novembro 29, 2013

ESPECIAL: Avenue Montaigne E O Verdadeiro Luxo Parisiense

Opiniões pessoais à parte, se você é leitor frequente sabe que o Trends não morreu de amores por Paris, fato é que a cidade luz - que aliás é realmente MARAVILHOSA e ideal para longas caminhadas e momentos de contemplação - é um dos principais destinos turísticos do mundo e muita gente pensa na cidade como referência de luxo.


Engana-se quem pensa que a Avenue des Champs-Élysées é o endereço mais privilegiado da cidade. Hoje em dia a famosa e bela avenida tem muito mais lojas de marcas acessíveis do que lojas de luxo. Ainda temos a incrível e gigante Louis Vuitton em uma esquina com vitrines gigantescas, algumas lojas conceito de carros - ótima pedida para os homens apaixonados já que as marcas fazem vitrines e instalações bacanérrimas - e uma ou outra coisinha interessante. No mais é muita loja fast fashion e marcas como Gap, Adidas, Nike, Topshop, Sephora e etc.


Se você quer realmente ver e sentir um endereço luxuoso e restrito da cidade, não precisa andar muito - aliás eu fui andando e me deparei por acaso já que no dia em que procurei acabei me atrasando e perdi a hora - para chegar à Avenue Montaigne.


São tantas lojas de luxo e, ao contrário da Champs-Élysées, um movimento infinitamente mais controlado de pessoas. Elas estão próximas, mas é como se estivessem isoladas por kilômetros de distância. É uma avenida completamente dedicada ao comércio de alto luxo: Chanel, Chloe, Dior, Emmanuel Ungaro, Fendi, Valentino, Versace, Prada, Armani e Ralph Lauren são alguns dos nomes que você vai encontrar e se embasbacar.


A maior diferença que senti foi em relação ao público. Como não é um ponto turístico (o Arco do Triunfo fica na Champs-Élysées e a divulgação em torno da avenida a torna praticamente o destino número 1 de visita da maioria, por isso o fluxo de gente por lá é sempre muito grande, uma verdadeira muvuca) a Montaigne é uma avenida mais tranquila e as pessoas que você vê circulando são de modo geral muito bem vestidas e elegantes. Confesso que pode ser um pouco intimidador, mas se você quer ver e sentir o lifestyle de luxo - e se quiser fazer algumas comprinhas - esse é o endereço.


Para ver, ouvir, sentir e passar muita vontade! Vale a pena e especialmente fora da alta temporada de verão. Eu fui no meio de setembro e as folhas do outono já estavam visíveis, caídas pelo chão, um mix de sol, friozinho e chuva delicioso. 

Uma dica luxuosa de estilo e para vocês verem que eu também tenho meus prós no que diz respeito à linda Paris. 




Postar um comentário